Confira nossa análise do Atari Portátil da Tectoy

Se você jogou o Atari 2600 em sua juventude, talvez curta a versão portátil da Tectoy, o Atari Flashback. Nós fizemos uma análise em vídeo que traz o que você precisa saber sobre esse video game mobile e logo abaixo eu listo os pontos positivos e negativos enxergados por mim ao analisá-lo. 

Pontos positivos

O fato de o Atari ter jogos simples é um ponto extremamente positivo no caso do portátil da Tectoy. Quanto mais complexo um jogo, mais difícil de jogar em um portátil. Jogos simples, com partidas de curta duração são propícios para intervalos no dia a dia, na fila do banco, enquanto você passa o café, e até em casa quando vai ao banheiro. Isso que eu falo tem relação com o que aconteceu com o fim do PS Vita.

Sony cancela produções de
jogos em mídia física para o PS Vita

Como os jogos são leves, o Atari não precisa de hardwares super potentes para funcionar e isso resulta em uma série de vantagens. Ele é muito leve, esquenta muito pouco, inicia rapidamente e os jogos não travam. Além disso, a bateria não descarregou desde que recebemos ele para testar, não precisei colocar para carregar em nenhum momento. 

Não achei as medidas do aparelho, essa informação não estão nem no manual e nem no site. Mas dá pra ter uma ideia pelo vídeo de análise que publiquei, principalmente no final, quando utilizo meu celular logo depois do Atari Flashback. Vi algumas reclamações de pessoas na internet sobre o tamanho da tela de 2,8", mas esse não foi um problema pra mim. Até porque você pode utilizar um cabo AV para ligar na TV.

- Continua após a publicidade -

Ele já vem com cabo USB para recarrga e dá a possibilidade de trocar a bateria. Outro ponto positivo é a entrada de cartão SD, você pode instalar novas roms e é bem fácil de fazer isso. Basta criar uma basta dentro do cartão, nomear como "Game", colocar a rom dentro do cartão, colocá-lo no portátil e ligar. 

Pontos negativos 

São detalhes que fazem com que esse produto não seja tão desejável quanto poderia.

- Continua após a publicidade -

O menu de jogo é confuso. Há duas colunas sendo apresentadas na tela, mas para chegar na outra coluna você só pode apertar para cima ou para baixo, caso aperte para o lado ele te mostra duas novas colunas. 

A embalagem do produto é feita de um material muito semelhante com aquele utilizado para fazer bandejas de ovos. A experiência do usuário vai lá embaixo ao tirar o Atari Flashback da caixa e se deparar com um material de design tão grosseiro. 

Os botões não tem um acabamento bom, são de plástico e de uma qualidade nada confortável para os dedos. Eles respondem bem, só não são confortáveis e dá para perceber que não são de tanta qualidade quanto poderiam ser, principalmente pelo preço. No momento em que escrevo esta análise, ele tá custando R$479,00.

Conclusão

Este brinquedo é ideal para quem viveu a época de ouro do Atari e tem dinheiro para desembolsar quase quinhentos reais para ter uma dose de nostalgia. No caso de quem não tem esse dinheiro e não jogou o Atari, ter um smartphone é uma boa alternativa portátil em jogos, já que tem muitos games modernos até mesmo de graça. 

Fonte: Tectoy, Tectoy
Tags
  • Redator: Neri Neto

    Neri Neto

    O universo geek faz parte do dia a dia, da vida, deste jornalista. Formado pela Universidade Federal de Santa Catarina, Neri Neto é responsável por conteúdos diversos no Adrenaline. Ele adora tecnologia, cinema, games e descobriu ainda na infância que a linguagem dos vídeos seria perfeita para falar de tudo que ama. Neri também fala bastante em terceira pessoa, gosta de descontrair e está sempre nas redes sociais.

Qual vai ser o melhor game de outubro de 2020?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.