Oculus não quer jogos exclusivos para ajudar a popularizar a realidade virtual

A Oculus está deixando de lado a ideia de jogos exclusivos com o intuito de aumentar a competição e o público dos jogos em realidade virtual. Durante a Reboot Develop, que rolou no mês passado, o chefe de engenharia da empresa, Matt Conte, comentou sobre o assunto.

Segundo Conte, a audiência da realidade virtual ainda é pequena, e investir pesado em jogos exclusivos neste cenário não seria positivo para a indústria como um todo. 

“Nós não queremos exclusividade. Queremos que a realidade virtual prospere. Mas a RV é um nicho e você não quer ser um nicho dentro de um nicho. Faça para qualquer lugar: Oculus, PlayStation VR, Steam, celular, se você conseguir. Faça o que puder para conseguir o maior número de olhares."
- Matt Conte, da Oculus

“Nós não queremos exclusividade. Queremos que a realidade virtual prospere. Mas a RV é um nicho e você não quer ser um nicho dentro de um nicho. Faça para qualquer lugar: Oculus, PlayStation VR, Steam, celular, se você conseguir. Faça o que puder para conseguir o maior número de olhares."
- Matt Conte, da Oculus

No passado, a Oculus possuía contratos de exclusividade com diversas produtoras, mas o número de games disponíveis apenas no Rift está diminuindo com o passar do tempo.

Apesar disso, Conte ressaltou que acordos do tipo ainda podem acontecer. "Existem exceções para essa regra, mas são poucas. Seu produto deve ser construído para que os usuários façam algo que não possam fazer em qualquer outro jogo".

- Continua após a publicidade -

O mais recente passo da empresa para expandir o VR e aumentar seu público foi o lançamento do Oculus Go, um headset de realidade virtual que funciona sem fios e já conta com mais de 1.000 apps.

Via: GamesIndustry.Biz
Tags
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

Qual vai ser o melhor game de outubro de 2020?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.