Mobile deve ser responsável por mais da metade do faturamento do mercado de games em 2018

O ano de 2018 pode ser um ponto de virada para a indústria de games: segundo os dados da Newzoo, o setor mobile devem ser responsáveis por 51% do faturamento da indústria mundial de games, superando, pela primeira vez, a soma da fatia de mercado pertencente aos consoles e PCs.

Segundo a firma de pesquisa, a indústria de games terá uma receita mundial de US$ 137,9 bilhões em 2018, com 51% vindo do mobile (smartphones e tablets), um crescimento de 25,5% em comparação ao ano anterior. Em relação ao restante dos ganhos da indústria, 24% virá do PC e 25% dos consoles.

O segmento mobile começou a crescer rapidamente após o lançamento do iPhone, em 2007, e a popularização dos aplicativos. Para se ter uma ideia do tamanho da indústria de games nos smartphones, a receita esperada para 2018, US$ 70,3 bilhões, é quase o mesmo faturamento total da industria de jogos eletrônicos inteira em 2012, que foi de US$ 70,6 bilhões.

A Newzoo não dá detalhes sobre os fatores que levaram ao crescimento do faturamento no mobile, mas podemos deduzir que a chegada de jogos como Fortnite Battle Royale Playerunknown's Battlegrounds aos smartphones auxiliou a impulsionar a indústria.

- Continua após a publicidade -

Para os próximos anos, as estimativas são de que o mercado de games continue crescendo mundialmente, com o setor mobile ainda liderando. A Newzoo acredita que a receita total do mercado de games alcance US$ 180 bilhões, com 59% do montante vindo de smartphones e tablets.

Você pode conferir o relatório completo da Newzoo aqui.

Via: GamesIndustry.biz
Tags
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

Qual vai ser o melhor game de setembro de 2020?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.