TP-Link informa que correções para vulnerabilidade de seus roteadores já podem ser baixadas

A TP-Link se pronunciou oficialmente sobre a vulnerabilidade que afeta mais de 180 mil de seus roteadores, informando que as correções já estão disponíveis e destacando que a falha é bem difícil de ser explorada. Diferente do que foi divulgado por Tim Carrington quando ele divulgou a vulnerabilidade, a empresa afirma que prontamente o problema foi corrigido.

"As atualizações de firmware já foram fornecidas para TL-WR940N e TL-WR740N (modelo que não é mais produzido) e enviadas para a parte requerente dentro de uma semana. Os usuários podem baixar as atualizações diretamente das páginas de suporte do produto no site oficial da TP-Link."

"As atualizações de firmware já foram fornecidas para TL-WR940N e TL-WR740N (modelo que não é mais produzido) e enviadas para a parte requerente dentro de uma semana. Os usuários podem baixar as atualizações diretamente das páginas de suporte do produto no site oficial da TP-Link."

No mesmo pronunciamento, o texto da empresa afirma que a falha é difícil de ser explorada porque o invasor precisaria saber o nome de usuário e senha do dono do roteador para poder atacar o sistema.

"Para explorar essa falha de segurança, o invasor precisa saber o nome de usuário e a senha da conta do administrador antecipadamente. Se um invasor não souber as informações da conta, essa falha de segurança não poderá ser explorada e o dispositivo estará seguro."

"Para explorar essa falha de segurança, o invasor precisa saber o nome de usuário e a senha da conta do administrador antecipadamente. Se um invasor não souber as informações da conta, essa falha de segurança não poderá ser explorada e o dispositivo estará seguro."

Assim, como sempre, a recomendação é uma senha forte de segurança para a sua rede e manter seus roteadores com o firmware atualizado.

Tags
  • Redator: João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

Qual vai ser o melhor game de outubro de 2020?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.