Torch é considerado um fracaso pela RIM

Apesar de um número de vendas expressivo, 150 mil em três dias, o BlackBerry Torch jÁ é taxado como um fracasso pela RIM. O motivo para o desânimo é o número baixo se comparado a outros lançamentos, como o iPhone 4, que atingiu no mesmo período 1,7 milhões de vendas. "A empresa apurou que em todas as lojas contatadas não foram vendidos todos os aparelhos. As pesquisas também mostraram que a maioria das vendas do Torch foram movidas pelo upgrade dos atuais usuÁrios donos de modelos BlackBerry", explicou Goldman Sachs.

Com as baixas vendas, jÁ surgem promoções de até 50% de desconto para fazer circular os vÁrios aparelhos que ficaram encalhados nas lojas. A principal razão para o fracasso das vendas seria os poucos recursos do aparelho, se comparado aos competidores da Apple e os com sistema Android. Enquanto o iPhone 4 possui tela com resolução de 960 x 640, e o Motorola Droid, uma de 854 x 480, o Torch possui apenas 480x360 de resolução em sua pequena tela de 3.2 polegadas.

A RIM vem sofrendo a pressão da perda de mercado para os aparelhos da Apple e os novos smartphones com sistema Android. Mesmo com o mesmo número de vendas de outro aparelhos importantes como o HTC Evo G4, a notícia de que o novo aparelho da BlackBerry não alcançou adeptos além dos que jÁ são seus consumidores foi um banho de Água fria para a empresa, que fez muito alarde com o lançamento do Torch, o aparelho que "seria um salto quântico sobre tudo que jÁ existe".

- Continua após a publicidade -

Assuntos
Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

Qual vai ser o melhor game de outubro de 2020?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.