Intel adia produção em alto volume de processadores em 10nm para 2019

A Intel divulgou recentemente seu relatório para o último trimestre fiscal onde, além de reportar ganhos expressivos em seus rendimentos, a empresa divulgou que vai começar a produzir componentes em 10nm (Cannon Lake) em larga escala apenas a partir do ano que vem, 2019. É isso que revela o slide abaixo, mostrado durante a apresentação do relatório:

"Produtos líderes da indústria em 14nm... Envio de baixo volume em 10nm... Volume maior mudando para 2019"

Não foi esclarecida a razão para o adiamento da produção. Enquanto o Guru3D, de onde vem a notícia, argumenta que a empresa pode estar tendo problemas na fabricação de componentes em 10nm, também é possível que a decisão seja apenas uma estratégia de mercado. O turnover financeiro da companhia aumentou 13% no último trimestre, saltando para US$ 16,1 bilhões e a Intel espera um aumento de 10% em suas vendas para o próximo trimestre comparado ao ano passado. É possível então especular que a empresa não se sente tão pressionada ainda pelo mercado para entregar novas litografias em larga escala.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: Guru3D
  • Redator: João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.