Envios de placas de vídeo da Gigabyte, MSI e TUL podem cair mais de 40% no mês

Os envios de placas de vídeo das fabricantes sediadas em Taiwan, incluindo a Gigabyte Technology, a Micro-Star International (MSI) e a TUL podem ver seus envios caírem mais de 40% nesse mês. Muitos clientes suspenderam recentemente as remessas de placas devido à demanda fraca por produtos para mineração de criptomoedas, de acordo com fontes da indústria. 

Criador da arquitetura Zen da AMD, Jim Keller deixa a Tesla e vai para a Intel

Distribuidores e compradores diretos de negócios de criptomoedas cancelaram pedidos com fabricantes de placas de vídeo e placas-mãe voltadas à mineração. Essa suspensão por parte dos compradores voltados ao mercado de mineração pararam de comprar placas de vídeo porque estariam aguardando o lançamento dos hardware para mineração de Ether pela Bitmain, empresa da China que irá lançar esses produtos no terceiro trimestre de 2018. 

Em consequência disso, as fabricantes poderão perder até 20% de lucro no mercado, já que as empresas e distribuidores terão que reduzir os preços para vender mais. Ainda de acordo com fontes da indústria, espera-se que a procura do mercado possa ser recuperada em maio ou junho. A maioria das fabricantes de placas de vídeo de Taiwan tiveram picos de envios em 2017 e no primeiro trimestre de 2018, vendas que foram influenciadas pela mineração.

Via: DigiTimes
  • Redator: Mariela Cancelier

    Mariela Cancelier

    Mariela é jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina e gosta de jogos de luta e MOBAs. Foi estagiária do Adrenaline e Mundo Conectado e atualmente é redatora freelancer em ambos os sites.

Qual vai ser o melhor game de outubro de 2020?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.