Overclocker faz o delid do Ryzen 5 2600 e mostra que não vale a pena abrir a CPU

Em seu canal do YouTube, o overclocker profissional der8auer fez o delid do AMD Ryzen 5 2600, algo que normalmente não é recomendado pela fabricante, já que é um procedimento complicado e pode acabar com a vida útil do produto.

O objetivo do overclocker era ver se o quão complicado é fazer o delid do novo processador Zen+ e mostrar se vale a pena ou não apostar no procedimento para ter melhorias de temperatura. No final das contas, o delid é muito arriscado e não vale a pena.

Para abrir o processador, der8auer utilizou uma versão modificada do equipamento profissional Delid Die Mate 2 e precisou de 156 °C para derreter a solda utilizada pela AMD na CPU.

AMD seguirá usando solda na
geração Zen+ de CPUs Ryzen 2000

- Continua após a publicidade -

Após fazer o delid, o overclocker constatou pouca diferença na performance do produto. Durante os testes em que o Ryzen 5 2600 chegou a frequência de 4,1 GHz em overclock, a temperatura baixou apenas 4° C, uma diferença que não justifica o risco de abrir a CPU, segundo der8auer.

Confira nosso uboxing dos processadores Ryzen 2000 que recebemos abaixo. 

Tags
amd
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

Qual vai ser o melhor game de setembro de 2020?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.