Microsoft é acusada pela Terminal Reality de infringir duas de suas patentes gráficas

A Microsoft está sendo acusada pela Terminal Reality e Infernal Technologies de infringir duas de suas patentes gráficas, com a agravante de ter feito isso com conhecimento e intenção. As patentes em questão, de número 6.362.822 e 7.061.488 foram registradas no desenvolvimento da Infernal Engine, de propriedade da Terminal Reality e da Infernal Technologies, e se referem a técnicas de iluminação e métodos de criação de sombras para jogos.

A Infernal Engine, usada em jogos da Terminal Reality como Nocturne, Bloodrayne e The Walking Dead: Survival Instinct, também foi licenciada pela empresa para outros estúdios. De acordo com a acusação, a Microsoft teria violado as patentes em jogos como Halo 5, a série Crackdown, vários Forza, PUBG, Sea of Thieves, entre outros.

O caso da Terminal Reality e Infernal Technologias ganha mais base no fato de que a Microsoft tentou registrar uma patente em 2007 que foi rejeitada justamente pela existência das patentes '488 e '822, o que reforça a ideia de que a empresa já tinha interesse nas técnicas envolvidas pela propriedade intelectual das acusadoras.

Fonte: Games Industry
  • Redator: João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

Qual vai ser o melhor game de setembro de 2020?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.