Mãe protesta contra ‘Medal of Honor' no canal Fox News

O canal Fox News, um dos mais famosos dos Estados Unidos e conhecido por criar sensacionalismos de interesse global, iniciou uma polêmica sobre o novo "Medal Of Honor". Segundo Karen Meredith, entrevistada cujo filho faleceu recentemente na guerra do Iraque, a possibilidade de jogar como um soldado talibã e matar cadetes norte-americanos é desrespeitoso porque os que militarem não têm uma segunda chance de vida se vierem a morrer.




"A guerra não é um jogo. Agora estamos passando por um momento muito ruim no Afeganistão: acabamos de contabilizar um mês com a maior taxa de casualidades naquela região. As famílias que comprarem esse jogo para seus filhos estarão vendo essa realidade... é desrespeitoso", disse Karen.



"Meu filho não pôde recomeçar uma vida nova quando ele foi morto. A vida dele acabou e eu tenho que lidar com isso todos os dias. Existem mais de 1200 famílias americanas que têm que conviver com isso diariamente", completou a mãe.

Em depoimento à emissora, a Electronic Arts respondeu que a possibilidade de poder jogar no lado considerado do "mal" não é recente, e que a ideia começou hÁ muito tempo. "'Medal of Honor' é baseado nas guerras atuais, colocando os jogadores nos dois lados. A maioria de nós jÁ tem feito isso hÁ muito tempo. Se alguém é a polícia, alguém tem que ser o ladrão, alguém tem que ser o pirata, alguém tem que ser o alien. No modo multiplayer, alguém terÁ que ser do Talibã", explicou a produtora.



A produtora sueca DICE, responsÁvel pela modalidade online, deixou claro que de forma alguma pretendia iniciar esse discurso ou provocar tal repercussão a respeito da possibilidade de jogar como um soldado Talibã.

"Medal of Honor" chega em 12 de outubro para PC, Xbox 360 e Playstation. Na trama, Tier 1 é a força especial do exército americano que deve cumprir missões no Afeganistão.  

Assuntos
Tags
  • Redator: Andrei Longen

    Andrei Longen

    Jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Andrei Longen é entusiasta por videogames desde os 7 anos, quando ganhou um Odyssey 2, seu primeiro console. Hoje tem PS4, PS3 e PS Vita e adora caçar troféus em todos os jogos. Colabora no Adrenaline com notícias, análises, artigos, colunas e vídeos.

Escolha sua arma:

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.