Lindsay Lohan perde batalha judicial contra criadores de GTA V

A batalha judicial entre Lindsay Lohan e a Take-Two Interactive pode ter chegado ao fim após quatro anos de processos. Por seis votos a zero, a corte mais alta do estado de Nova York invalidou o processo movido pela atriz contra os criadores de GTA V.

A última tentativa vem de 2016, mas as batalhas judiciais entre Lohan a dona da Rockstar e começaram em 2013. O mais recente motivo para a confusão judicial é a personagem Lacey Jonas, de GTA V.

Além de ser parecida com a atriz, a personagem protagoniza uma missão onde é perseguida por um paparazzi, algo que é baseado em momentos da vida de Lohan, segundo seu advogado. Ela também já moveu ações contra a Take-Two por causa de artes de divulgação com uma mulher loira, imagem disponível no início da notícia.

De acordo com o juiz Eugene Fahey, a personagem feita pela Rockstar não traz referências diretas à Lohan e serve como uma representação genérica de uma jovem na casa dos 20 anos. Por causa disso, o processo da atriz foi negado.

“A queixa foi devidamente rejeitada porque as representações artísticas são indistintas interpretações artísticas de estilo, aparência e persona de uma jovem mulher moderna, que vai à praia e que não é razoavelmente identificável como a requerente”
- Eugene Fahey, juiz da corte de Nova York

“A queixa foi devidamente rejeitada porque as representações artísticas são indistintas interpretações artísticas de estilo, aparência e persona de uma jovem mulher moderna, que vai à praia e que não é razoavelmente identificável como a requerente”
- Eugene Fahey, juiz da corte de Nova York

Via: Neowin
Assuntos
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

Qual vai ser o melhor game de outubro de 2020?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.