Nova linha Phantom Gaming da ASRock pode ter sido feita com mineradores em mente

A inesperada chegada da ASRock ao mercado de placas de vídeo gamer com sua nova marca Phantom Gaming pode ter mais a ver com a mineração de criptomoedas do que com os jogos. É isso que reporta o pessoal do TechPowerUp, afirmando que, durante a apresentação da nova linha de GPUs, a empresa acabou confirmando justamente isso em um dos slides:

Na imagem acima é possível ver que "Mining" (mineração) vem escrito logo depois da série Radeon 500 no título. Depois, na tabela em si, a coluna "segmento" está completamente preenchida pela palavra mineração.

O nome da marca e o marketing, porém, até o momento são completamente voltados para gamers. Isso pode significar que a empresa está mirando nos dois mercados, já que os mineradores têm mostrado que não precisam de propaganda para esgotar novas GPUs, especialmente de arquitetura Polaris.

Fonte: TechPowerUp
  • Redator: João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

Qual vai ser o melhor game de outubro de 2020?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.