Trump quer discutir com indústria de games a influência social de jogos violentos

O presidente dos Estados Unidos Donald Trump pretende se reunir com membros da indústria de games para conversar a respeito dos atentados violentos recentes no país e quais as possíveis causas disso. Depois do caso do atirador que matou estudantes numa escola na Flórida, Trump quer discutir a segurança da população e o que pode ser feito a respeito de jogos violentos. 

Jogos violentos devem pagar mais impostos, sugere político dos EUA

Em uma declaração feita em fevereiro, o presidente disse que ouviu "de muitas e muitas pessoas" que "o nível de violência em videogames está realmente influenciando pessoas mais jovens". Essa não é a primeira vez que Trump defende esse pensamento. Ainda em 2012, ele publicou em sua conta do Twitter que a violência e "ovação" aos videogames devem parar. 

De acordo com a secretária de imprensa da Casa Branca, Sarah Huckabee Sanders, Trump vai se encontrar em breve com membros da indústria de games. "Este será um processo contínuo, envolvente e que continue procurando as melhores maneiras possíveis de garantir que estamos fazendo tudo o que pudermos para nossas escolas em todo o país", enfatizou a secretária

Apesar do anúncio do encontro, ainda não está confirmado com quem o presidente irá conversar. Como reportado pelo site Venture Beat, a Entertainment Software Association (ESA), associação que representa a indústria de games, disse que nenhum convite foi feito pela Casa Branca até agora. 

Via: GameSpot
Tags
  • Redator: Mariela Cancelier

    Mariela Cancelier

    Mariela é jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina e gosta de jogos de luta e MOBAs. Foi estagiária do Adrenaline e Mundo Conectado e atualmente é redatora freelancer em ambos os sites.

Escolha sua arma:

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.