Loja cliente da Nvidia diz que preços de GPUs não deve baixar até o fim do ano

O boom da mineração acabou causando um crescimento no preço das placas de vídeo e, segundo o e-commerce Massdrop, que trabalha junto com a Nvidia, os valores devem continuar subindo até o terceiro trimestre de 2018.

Nvidia vai dar mais foco às demandas
de GPUs para gamers, diz executivo

Em uma postagem dentro de um dos fóruns da loja, Brian Hutchins, um dos gerentes da Massdrop, disse que conversou com a Nvidia e a empresa garantiu que os preços das GPUs não devem cair tão cedo, para a infelicidade dos PC Gamers.

"Quando a Nvidia esteve aqui, eles também nos avisaram que os preços no mercado continuarão a aumentar até o terceiro trimestre deste ano, provavelmente antes de começarmos a ter algum tipo de alívio. Então, infelizmente, o fim disso não está próximo e ainda não vimos o pior"
Brian Hutchins, da Massdrop

"Quando a Nvidia esteve aqui, eles também nos avisaram que os preços no mercado continuarão a aumentar até o terceiro trimestre deste ano, provavelmente antes de começarmos a ter algum tipo de alívio. Então, infelizmente, o fim disso não está próximo e ainda não vimos o pior"
Brian Hutchins, da Massdrop

Segundo Hutch, além da escassez de GPUs por causa da mineração, as fabricantes de placas de vídeo estão sofrendo por causa do mercado mobile. Empresas como a Samsung e Apple teriam acesso maior a componentes que são utilizados em smartphones e também em placas de vídeo, o que deixou fabricantes como MSI, Gigabyte, Asus e EVGA em desvantagem.

Apesar das idas e vindas do preço, a Bitcoin, criptomoeda mais influente do mercado, continua firme e forte, o que torna o setor de moedas digitais atraente e, consequentemente, mantém o preço das GPUs alto graças a alta demanda.

Via: Massdrop, DSOgamin
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

Escolha sua arma:

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.