PC de US$18 mil calcula 5 trilhões de números do Pi

O engenheiro japonês Shigeru Kondo e o estudante americano de ciências da computação Alexander Yee quebraram um recorde mundial no número de dígitos calculados do Pi.

Usando um supercomputador com 12 núcleos físicos, os dois conseguiram calcular cinco trilhões de dígitos, o equivalente a 6 terabytes de dados.


Imagem: Numberworld.org

Kondo foi o responsÁvel por montar a mÁquina, avaliada em US$18 mil, com placa-mãe Asus Z8PE-D12, dois processadores Intel Xeon X5680 com 3.33GHz, 96GB de memória RAM DDR3 a 1066MHz e 20 HDs totalizando 39 terabytes.

Por sua vez, Yee desenvolveu o software y-cruncher, instalado no sistema operacional Windows Server 2008 R2 Enterprise de 64 bits. Todo o processo durou 90 dias.


Imagem: Numberworld.org


O número Pi, de símbolo π, é a proporção matemÁtica da relação entre o perímetro e o diâmetro de uma circunferência, que resulta em um número irracional. Em cÁlculos simples, o valor é arredondado para 3,14, mas as casas decimais são infinitas. O recorde anterior de quantidade de números calculados era do francês Fabrice Bellard, que usou um computador com processador Intel Core i7 de 2.93GHz, 6GB de memória RAM e disco rígido de 7.5 terabytes para encontrar 2,7 trilhões de dígitos.


Assuntos
  • Redator: Risa Lemos Stoider

    Risa Lemos Stoider

    Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e gamemaníaca desde os 4 anos de idade. Já experimentou consoles de várias gerações e atualmente mantém uma ainda modesta coleção. Aliando a prática jornalística com a paixão pela tecnologia e os games, colabora com a Adrenaline publicando notícias e artigos.

Escolha um lado:

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.