Apple já tem correção para brecha que permite jailbreak

A facilidade de fazer jailbreak no iPhone, iPod Touch e iPad, somente a partir do acesso a uma pÁgina pelo navegador Mobile Safari, pode estar com os dias contados.

Através de um porta-voz, a Apple afirmou ao CNET que jÁ possui uma correção para a vulnerabilidade que permite a execução do código que desbloqueia o sistema.



O jailbreak via Safari é possível devido a uma falha de segurança do iOS, que permite ao browser abrir arquivos em formato .PDF automaticamente. Como divulgado pela companhia de segurança Vupen, hackers podem explorar um erro de corrupção de memória no processamento dados em Compact Font Format (CFF) dentro de um .PDF para executar códigos arbitrÁrios, bem como elevar seus privilégios no sistema através de um erro no kernel.

"Nós estamos cientes desse problema e jÁ desenvolvemos uma correção, que estarÁ disponível aos usuÁrios em uma futura atualização de software", declarou a empresa ao CNET. A data certa do lançamento do update, porém, não foi revelada.

Poucos dias após a liberação da ferramenta de jailberak, o site Cult of Mac reportou que um usuÁrio anônimo desbloqueou um iPhone 4 dentro de uma Apple Store e divulgou uma foto comprovando o feito na web. Enquanto a atualização de software não sai, a Apple bloqueou, através de configurações de DNS, o acesso ao site que executa o jailbreak em todas as suas lojas oficiais.


Assuntos
Tags
  • Redator: Risa Lemos Stoider

    Risa Lemos Stoider

    Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e gamemaníaca desde os 4 anos de idade. Já experimentou consoles de várias gerações e atualmente mantém uma ainda modesta coleção. Aliando a prática jornalística com a paixão pela tecnologia e os games, colabora com a Adrenaline publicando notícias e artigos.

Escolha sua arma:

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.