Games online tornam-se mais populares que e-mail

Os jogos online ultrapassaram a troca de e-mails no ranking das atividades mais executadas pelos americanos na Internet, de acordo com um estudo divulgado pela Nielsen Wire.

Os dados indicam que os internautas dos Estados Unidos passam a maior parte do seu tempo online em redes sociais, enquanto o e-mail desceu do segundo para o terceiro lugar.



Em junho deste ano, os americanos gastaram em redes sociais 22,7% de todo o seu tempo de conexão, um aumento de 43% em relação ao mesmo período do ano passado. Pela primeira vez, os jogos online ficaram na frente dos e-mails. As atividades representam, respectivamente, 10,2% e 8,3%.

"Mesmo com a natureza quase ilimitada de coisas que se pode fazer na web, 40% do tempo online nos EUA é gasto somente com três atividades: redes sociais, jogos e e-mail", afirma Dave Martin, analista da companhia. Com isso, outros setores acabam concentrados em fatias que tendem a decrescer.



Esse crescimento tem um importante agente: os jogos sociais. Segundo reportagem do Washington Post, somente no Facebook, estima-se que 40% dos seus 500 milhões de usuÁrios estejam envolvidos nesse tipo de game.

O sucesso leva empresas como a Disney a investir no setor. Na semana passada, a companhia liberou um pagamento inicial de US$536,2 milhões para adquirir a Playdom, desenvolvedora de games para redes sociais. HÁ rumores de que o Google também estÁ planejando lançar seu próprio serviço de jogos sociais.

Assuntos
Tags
  • Redator: Risa Lemos Stoider

    Risa Lemos Stoider

    Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e gamemaníaca desde os 4 anos de idade. Já experimentou consoles de várias gerações e atualmente mantém uma ainda modesta coleção. Aliando a prática jornalística com a paixão pela tecnologia e os games, colabora com a Adrenaline publicando notícias e artigos.

Qual vai ser o melhor game de outubro de 2020?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.