Intel pode perder clientes no mercado de data centers por causa do Spectre e Meltdown

O mercado de nuvem e dispositivos conectados está cada vez maior, o que torna as empresas de data center uma mina de ouro para a Intel. Porém, com a divulgação das vulnerabilidades Spectre e Meltdown, alguns clientes da companhia nessa área estão considerando abandonar a empresa.

De acordo com a Reuters, grandes companhias de nuvem que utilizam os produtos da Intel já estão vendo alternativas para trocar de fornecedora por causa das falhas de segurança.

Nesta semana, a Microsoft deu mais detalhes sobre os patches de correção para o Spectre e o Meltdown e revelou que a correção trará um impacto significativo na performance de hardwares para data centers. Graças a isso, algumas companhias já disseram que podem deixar a Intel para trás.

Infinitely Virtual, empresa de serviços em nuvem de Los Angeles, disse que a Intel deve substituir os produtos ou oferecer uma solução para a queda na performance.

"Se a Intel não fizer algo para acertar isso, vamos ter que puni-la no mercado não comprando seus produtos"
- Adam Stern, chefe executivo da Infinitely Virtual

"Se a Intel não fizer algo para acertar isso, vamos ter que puni-la no mercado não comprando seus produtos"
- Adam Stern, chefe executivo da Infinitely Virtual

- Continua após a publicidade -

Outra empresa que falou com a Reuters foi a Backblaze, que oferece serviços de backup. Segundo o fundador Gleb Budman, a empresa pode migrar para a arquiterura ARM. "Se a correção para x86 traz uma grande queda na performance, isso pode influenciar cada vez mais a mudança para ARM".

As vulnerabilidades divulgadas no começo do ano estão gerando uma grande dor de cabeça para a Intel, já que a empresa possui mais produtos afetados do que as concorrentes.

Microsoft explica porque alguns sistemas
AMD não ligam depois de patch no Windows 10

Em um comunicado, a Intel disse que está fazendo o possível para "atender as expectativas dos consumidores" e trazer o mínimo de dano na performance para data centers. De acordo com a IDC, a Intel fornece produtos para 98% do mercado de nuvem, o que torna o problema uma prioridade para a companhia.

Fonte: Reuters
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

Os jogos mais aguardados do segundo semestre de 2021

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.