Intel lista os seus processadores vulneráveis ao Spectre e Meltdown

A Intel liberou uma lista oficial divulgando os modelos de processadores da empresa afetados pelas vulnerabilidades Meltdown e Spectre, reveladas na semana passada.

Os problemas de segurança afetam praticamente todas as CPUs existentes, incluindo modelos AMD e para smartphones, o que facilitou a vida da Intel na hora de listar os seus modelos afetados. Confira a lista de CPUs da companhia testadas e que são vulneráveis à polêmica tecnológica do momento abaixo:

Core i3 (arquiteturas de 45nm e 32nm)
Core i5 (45nm e 32nm)
Core i7 (45nm e 32nm)
Core M processor family (45nm and 32nm)
Core i3, i5, i7 e i9 de segunda, terceira, quarta, quinta, sexta, sétima e oitava gerações, incluindo as séries Extreme
Linhas Xeon 3400, 3600, 5500, 5600, 6500 e 7500
Linhas Xeon E3, E3 v2, E3 v3, E3 v4, E3 v5 e E3 v6
Linhas Xeon E5, E5 v2, E5 v3 e E5 v4
Linhas Xeon E7, E7 v2, E7 v3 e E7 v4
Linha Xeon Scalable
Linhas Xeon Phi 3200, 5200 e 7200
Linhas Atom C, E, A, x3 e Z
Linhas Celeron J e N
Linhas Pentium J e N

A companhia já começou a liberar patchs de correção para aprimorar a segurança de seus produtos e, segundo as empresas que trabalharam junto com a Intel, apesar da gravidade das vulnerabilidades, as atualizações não trazem grande impacto na performance.

A Intel promete que vai lançar atualizações para 90% dos processadores afetados pelo Spectre e Meltdown até o fim desta semana. Se você é usuário de CPUs da empresa (ou de qualquer outra CPU), fique ligado nos updates e baixe as atualizações de segurança em seus dispositivos assim que possível.

Via: Tweaktown
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

Os jogos mais aguardados do segundo semestre de 2021

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.