Apple, Google, Microsoft e Amazon relatam impacto mínimo em desempenho de CPUs Intel após patch

A Intel anunciou que desenvolveu e já disponibilizou atualizações de segurança para correção das vulnerabilidades Meltdown e Spectre para a grande maioria dos sistemas que usam seus produtos. Isso inclui clientes que utilizam os processadores da companhia em ambientes corporativos e servidores com grande demanda de desempenho.

Estão nessa lista 4 gigantes do mercado de tecnologia: Apple, Microsoft, Amazon e Google. Todas essas companhias realizaram testes de desempenho após a atualização e a boa notícia é que, segundo elas, não há um impacto significativo nesta área.

Confira os comunicados de cada companhia abaixo:
Apple -
Nossos testes com benchmarks públicos mostraram que as mudanças nas atualizações de dezembro de 2017 não resultaram numa redução mensurável de desempenho no macOS e no iOS conforme medido pelo benchmark GeekBench 4, ou em benchmarks comuns de navegadores como Speedometer, JetStream e ARES-6.

Microsoft - A maioria dos consumidores do Azure não devem ver um impacto perceptível de performance com este update. Nós trabalhamos na otimização da CPU e do I/O e não percebemos alterações após a correção ter sido aplicada".

Amazon - "Não observamos impacto significativo no desempenho da grande maioria das cargas de trabalho EC2".

Google: "Na maioria dos nossos workloads, incluindo a infraestrutura para nuvem, não notamos nenhum impacto significativo de desempenho".

- Continua após a publicidade -

O objetivo da Intel é de ter atualizado 90% de todos os processadores vendidos nos últimos 5 anos até o fim da semana que vem. Depois de receber o update, os dispositivos ficam imunes a ambos exploits (Spectre e Meltdown).

A empresa mantém o discurso de que o impacto de performance só acontece quando o processador está enfrentado altas cargas de trabalho. Eles ainda dizem que o impacto não deve ser significativo para o usuário médio de computador e que deve ser mitigado com o tempo.

Via: WCCF Tech
  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation 1. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia. Formado jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

Os jogos mais aguardados do segundo semestre de 2021

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.