Tidal, serviço de streaming de Jay-Z, estaria com problemas financeiros, aponta jornal

Enquanto o Spotify continua sendo o líder unânime dos serviços de streaming de música, o Tidal, plataforma criada por famosos artistas da área, não está passando por uma boa fase, segundo informações trazidas pelo jornal de economia norueguês Dagens Næringsliv.

A publicação alega que o serviço de streaming do rapper Jay-Z está passando por dificuldades após perder cerca de US$44 milhões no ano passado. Além disso, o jornal diz que a empresa teria dinheiro para manter apenas mais seis meses de funcionamento.

Segundo aponta o The Verge, o Tidal conseguiu capital no início do ano com a Sprint comprando 33% das ações da empresa, o que teria dado um montante suficiente para o serviço atuar por cerca de 18 meses, até a metade do ano que vem.

Em relação ao número de usuários, o serviço não divulga publicamente seus dados desde o ano passado, o que já indica que as coisas não estão próximas dos concorrentes - Apple Music possui 30 milhões de assinantes e Spotify, mais de 60 milhões.

Apple Music vs Spotify: quem é o melhor?

- Continua após a publicidade -

Em 2016, a companhia anunciou que possuía 3 milhões de usuários, mas o jornal DN aponta que o número seria de apenas 1 milhão. Na época da divulgação, até mesmo Jay Z disse que a empresa que forneceu os dados havia inflado os números.

Após a divulgação da história em diversos veículos, o Tidal enviou um comunicado ao The Verge. "Nós estamos vendo histórias negativas sobre o Tidal desde a sua criação e não fizemos nada além de crescer no negócio a cada ano".

Lançado em 2015, o Tidal chegou com 35 milhões de músicas, uma opção de assinatura com música em alta qualidade e o apoio de grandes artistas do mundo da música. O conjunto de fatores levou a muita gente acreditar que a nova plataforma bateria de frente com os gigantes da indústria do streaming.

Recentemente, o Tidal anunciou suporte para o Apple CarPlay, que torna o serviço compatível com mais de 200 carros.

Via: The Verge Fonte: DN
Assuntos
Tags
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

Os jogos mais aguardados do segundo semestre de 2021

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.