Compras em apps vão somar mais de US$ 110 bilhões em 2018, aponta pesquisa

Um pesquisa realizada pela empresa App Annie prevê que os gastos de consumidores totais relacionados a aplicativos mobile irá ultrapassar US$ 110 bilhões em 2018. Esse valor representa um aumento de 30% em relação ao total calculado em 2017. A companhia também diz que a grande maioria gastos com apps será em games, assim como acontece nesse ano. 

Samsung começa a produzir memória eUFS de 512GB, que pode ser lançada no Galaxy S9

Apesar dos jogos ainda serem a maior renda em aplicativos mobile, as inscrições em apps são um grande rival. O novo modelo de monetização em serviços como Spotify pode resultar num impacto futuro a favor do consumo de extensões que não são games.

China, Índia e Brasil são os países que mais vão crescer em consumo de apps no ano que vem, segundo a empresa. A China já é o mercado que mais gasta dinheiro na App Store, da Apple. Já a Índia e o Brasil vão ter um crescimento de gastos com aplicativos de 50% e 30%, respectivamente.

Mediatek assume liderança do mercado de chips para smartphones no Brasil

Mas o crescimento de renda com serviços e games no smartphone não está crescendo apenas por causa dos países emergentes nesse mercado. O sistema de procura de aplicativos da Apple e do Google Play também receberam otimizações para incitar novos downloads ou compras nas plataformas.  

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: Tech Crunch
Tags
  • Redator: Mariela Cancelier

    Mariela Cancelier

    Mariela é jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina e gosta de jogos de luta e MOBAs. Foi estagiária do Adrenaline e Mundo Conectado e atualmente é redatora freelancer em ambos os sites.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.