Jogadores fazem petição para que Lucasfilm impeça EA de fazer novos games de Star Wars

Após as polêmicas envolvendo Star Wars Battlefront 2 e microtransações, a imagem da EA Games com o público está cada vez pior. Neste fim de semana, um abaixo-assinado online surgiu pedindo que a Lucasfilm, que pertence à Disney, retire a licença da Eletronic Arts para fazer jogos da franquia Star Wars.

A petição foi criada na plataforma Change por um usuário do Reino Unido identificado como John Hunt. Apesar de não ter valor oficial, a forma de protesto encontrada pelos jogadores já possui quase 25 mil assinaturas. 

O texto aponta as falhas de Star Wars Battlefront (algo que já foi feito pela própria EA), além de levantar a questão das microtransações e loot boxes do novo jogo da franquia.

É interessante notar que no Reino Unido, país em que a petição foi iniciada, as vendas de mídia física de Battlefront 2 caíram 60% em comparação ao seu antecessor, e uma das teorias para isso seria a má fama do game.

Até o momento, a EA Games e a Lucasfilm não se posicionaram oficialmente sobre o abaixo-assinado. Após a recepção negativa, o estúdio retirou por tempo indeterminado o sistema de microtransações de Star Wars Battlefront 2. Supostamente, isso aconteceu por influência da Disney.

- Continua após a publicidade -

Lançado no dia 17, Star Wars Battlefront 2 está disponível no PC, PS4 e Xbox One.

Via: Game Rant
Tags
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.