Tesla apresenta caminhão elétrico Semi com 800 km de autonomia; será lançado em 2019

A Tesla apresentou seu novo caminhão elétrico Semi, que traz as tecnologias de seu sedã Model S para o mercado de transporte de cargas. A companhia promete autonomia de 800 km e desempenho para chegar de 0 a 96km/h em apenas 5 segundos sem a carga.

Numa situação de uso mais real, carregando um container de 36 toneladas (o limite para trafegar nos EUA), o veículo vai de 0 a 96 km/h em 20 segundos. O que, claro, o torna muito mais ágil do que os modelos a diesel disponíveis hoje.

A empresa também apresentou um novo carregador veicular chamado de Megacharger. Ele consegue fornecer 640 km de autonomia em apenas 30 minutos. O Tesla Semi ainda pode ser abastecido enquanto é retirada a carga de seu container, o que agiliza as coisas.

Os recursos de segurança do caminhão também são bem impressionantes. A começar pelo posicionamento do motorista, que fica sentado bem no meio da cabine.

- Continua após a publicidade -

O baixo centro de gravidade do veículo, possibilitado pelo posicionamento da bateria, ajuda na sua estabilidade e também diminui a chance de capotamentos. O caminhão autônomo tem uma proteção contra o efeito canivete, que é quando ocorre o bloqueio do eixo traseiro, resultando num deslizamento indesejado da carreta. Isso pode resultar em acidentes bem feios.

Todas as versões do Tesla Semi virão com uma versão melhorada do sistema semi-autônomo AutoPilot. Isso inclui frenagem automática de emergência, um sistema que o mantêm na sua faixa e aviso de colisão frontal.

Caso o motorista tenha uma emergência médica, o caminhão vai ficar na sua faixa e desacelerar de maneira cuidadosa. Se quem estiver dirigindo não der nenhuma resposta, ele vai chamar uma ambulância.

- Continua após a publicidade -

A Tesla está tão confiante que deu uma garantia de 1 milhão de milhas (1,6 milhão de km) para o sistema de tração. Além disso, o para-brisas do caminhão é feito de um vidro que resiste a impactos.

O lançamento do caminhão está previsto para 2019. Quem quiser fazer uma reserva precisará pagar US$ 5.000 (R$ 16.000 em conversão direta).

Via: Yahoo, BBC, The Verge
Tags
  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation 1. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia. Formado jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

Em jogos single-player como Resident Evil Village, você prefere:

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.