Vivo V7 é lançado com tela 18:9, CPU de entrada e 4GB de RAM na China

A fabricante chinesa de smartphones Vivo lançou o V7, com destaque para seu hardware que mistura características de topo de linha com dispositivos de entrada.

Isso porque ele tem um display IPS LCD de 5,7 polegadas e resolução HD+ (720 x 1440), que utiliza a proporção 18:9 de bordas finas que temos visto quase que exclusivamente em aparelhos high-end. A única exceção para isto é o intermediário LG Q6.

O design do Vivo V7 faz com que a tela aproveite 83,6% do espaço frontal do dispositivo. Em contrapartida, o chipset utilizado é o Qualcomm Snapdragon 450, que abriga CPU octa-core de baixo desempenho rodando a 1.8GHz.

O smartphone ainda chega com 4GB de memória RAM, 32GB de espaço interno para armazenamento e suporte a cartões microSD de até 256GB.

- Continua após a publicidade -

A câmera traseira é de 16MP com abertura f/2.0 e flash LED, enquanto a frontal é de 24MP. O sensor de selfie do dispositivo traz a tecnologia VivoFace Access, que permite desbloquear o aparelho utilizando seu rosto — o V7 também tem leitor de digitais. Além disso, a companhia destaca a tecnologia Smart Beauty 7.0, que "ilumina as selfies e valoriza ainda mais a pele [do usuário]", nas palavras da Vivo.

O aparelho traz bateria de 3.000mAh e roda Android 7.1.2 Nougat com interface de usuário Vivo Funtouch 3.2. Seu preço sugerido é de cerca de US$ 300 (R$ 1 mil na conversão direta). A partir de hoje, o Vivo V7 está sendo vendido na Indonésia nas cores preto e dourado. Ele será lançado em "mercados globais" no futuro.

Especificações | Vivo V7
Tela:
5.7 polegadas HD+ (720 x 1440) com proporção 18:9
SoC: Qualcomm Snapdragon 450 octa-core @ 1.8GHz
SO: Android 7.1.2 Nougat
Bateria: 3.000mAh
Memória RAM: 4GB
Armazenamento: 32 GB (expansível até 256GB via microSD)
Câmera: traseira de 16MP e frontal de 24MP

Via: Android Authority
Tags
  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation 1. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia. Formado jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.