Samsung fala da sua memória GDDR6, que pode chegar a 16Gbps e deve aparecer na CES 2018

A Samsung postou um longo texto se gabando das premiações que a CES 2018 Innovation Awards já está distribuindo e que a empresa emplacou vários com suas tecnologias. Entre eles, acabamos vendo a sul-coreana falar de uma nova tecnologia bem aguardada e que ainda não teve seu lançamento devidamente divulgado: a geração GDDR6 de memórias. Segundo a Samsung, sua tecnologia consegue chegar nos 16Gbps de velocidade:

"Samsung 16Gb GDDR6 Memory – A DRAM mais rápida e com menor uso de energia para aplicações da próxima geração, intensiva em gráficos. Ela processa imagens e vídeo em 16Gbps com uma banda de dados I/O de 64GB/s, o que é equivalente a transferir aproximadamente 12 DVDs FullHD (equivalente a 5GBs) por segundo. A nova DRAM pode operar a 1,35 volts, oferecendo mais vantagens sobre as memórias gráficas atuais que usam 1,5V em apenas 8Gbps."

"Samsung 16Gb GDDR6 Memory – A DRAM mais rápida e com menor uso de energia para aplicações da próxima geração, intensiva em gráficos. Ela processa imagens e vídeo em 16Gbps com uma banda de dados I/O de 64GB/s, o que é equivalente a transferir aproximadamente 12 DVDs FullHD (equivalente a 5GBs) por segundo. A nova DRAM pode operar a 1,35 volts, oferecendo mais vantagens sobre as memórias gráficas atuais que usam 1,5V em apenas 8Gbps."

O trecho acima foi retirado do longo texto falando das tecnologias da empresa na sua parte de notícias do site oficial. Em seu melhor desempenho, a memória chega basicamente no dobro do GDDR5 atual e ainda é um incremento interessante ao GDDR5X. 

Pelo teor do texto, é seguro estimar que veremos demonstrações e até produtos usando memórias GDDR6 logo no início do ano, durante a CES 2018. Agora é ficar de olho na SK Hynix e na Micron que também devem trazer suas soluções com a nova tecnologia em breve.

Fonte: Guru3D, Samsung
Tags
  • Redator: João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.