Apple anuncia preço do iPhone X no Brasil; custo pode chegar a até R$ 7.799

O iPhone X ainda não tem previsão de lançamento no mercado brasileiro, mas agora já sabemos o seu preço: ele chega por R$ 6.999 na versão mais básica (64GB) ou impressionantes R$ 7.799 para a versão com 256GB. Os preços apareceram no app da própria Apple, e a galera do MacMagazine "pegou no flagra".

Apesar de realmente impressionantes, não são totalmente inesperados. No exterior o modelo foi anunciado com preços a partir de US$ 999, uma cifra também bastante elevada comparado mesmo com lançamentos anteriores da marca.

Mesmo colocando na conta os fatores como "custo Brasil", a especulação mais comum era de que o aparelho chegaria por preços a partir de R$ 6 mil. Colocando em perspectiva, o modelo topo de linha mais caro disponível por concorrentes hoje no mercado brasileiro é o Samsung Galaxy Note8, hoje comercializado por R$ 4.799.

As análises do iPhone X começaram a ir ao ar em sites internacionais e o aparelho chega ao mercado no dia 3 de novembro, sem previsão lançamento no Brasil. O iPhone 8 e 8 Plus tiveram sua pré-venda iniciada no dia 27 (sexta-feira) com preços a partir de R$ 3.999, podendo chegar a até R$ 5.399, o que mostra que hoje só a Apple consegue superar a si mesma em preços exorbitantes de smartphones.

- Continua após a publicidade -

O iPhone X introduz uma serie de novidades à linha iPhone, como as telas OLED um display praticamente sem bordas e um design totalmente novo, diferente do iPhone 8 mantém um visual mais semelhante ao de seu antecessor, que apenas substituiu a traseira por vidro e traz alguns novos recursos como o carregamento por indução e um processador mais potente.

Fonte: MacMagazine
Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.