PUBG utilizará servidores Microsoft Azure, mas não vai abandonar Amazon Web Services

A companhia Bluehole, responsável por produzir o game PlayerUnknown's Battlegrounds, firmou uma parceria para começar a utilizar o serviço de servidores Microsoft Azure.

A informação foi confirmada pelo CEO da Microsoft, Satya Nadella, durante a mais recente reunião com acionistas para apresentar os relatórios fiscais da empresa.

Até o momento, a versão de acesso antecipado do game na Steam utiliza os servidores da Amazon Web Services (AWS). De acordo com o site TechPowerUp, a mudança muito provavelmente foi parte do acordo para trazer PUBG como um "exclusivo de lançamento" dentre os consoles para o Xbox One.

"Games empurram as fronteiras de inovação de hardware e de software, com algumas das aplicações e conteúdos mais intensivos para GPUs e CPUs, nos dando uma grande oportunidade na nuvem. Como um exemplo, a PUBG Corp., com o game hit PlayerUnknown's Battlegrounds, não apenas está fazendo parceria para fazer o game exclusivo para o Xbox no lançamento, mas também rodando na Azure".
- Satya Nadella, CEO da Microsoft

"Games empurram as fronteiras de inovação de hardware e de software, com algumas das aplicações e conteúdos mais intensivos para GPUs e CPUs, nos dando uma grande oportunidade na nuvem. Como um exemplo, a PUBG Corp., com o game hit PlayerUnknown's Battlegrounds, não apenas está fazendo parceria para fazer o game exclusivo para o Xbox no lançamento, mas também rodando na Azure".
- Satya Nadella, CEO da Microsoft

A Microsoft Azure é empregada numa série de títulos, incluindo Titanfall, Hitman, Halo 5: Guardians e Forza Motorsport 7.

- Continua após a publicidade -

Apesar do que diz Nadella, de acordo com o site Business Insider PUBG não vai parar de usar os serviços da Amazon. Ao invés disso, a nuvem da AWS ainda vai abrigar a maior parte das bases de dados do game e a espinha dorsal dos seus serviços online.

Enquanto isso, a Azure servirá para reforça a infra-estrutura do multiplayer do game, que prevê uma grande quantidade de novos jogadores chegando com o lançamento oficial.

Via: TechPowerUp, Business Insider, Windows Central
  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation 1. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia. Formado jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.