Microsoft lançou correção do WPA2 para o Windows 7 e 10 na semana passada

Ontem o mundo foi surpreendido com um estudo mostrando que o padrão WPA2, utilizado na grande maioria das redes Wi-Fi, possui uma vulnerabilidade de segurança que pode ser usada para espionagem chamada KRACK. Como se trata de um problema no protocolo de conexão, as empresas de sistemas operacionais já começaram a trabalhar para solucionar o problema, nem que seja à curto prazo.

Ontem, a Microsoft anunciou que a correção já foi lançada na semana passada para o Windows 7 e Windows 10. O update estava incluso na atualização de segurança do dia 10 de outubro, mas não foi listada nas notas porque a falha ainda não tinha sido divulgada.

"Nós atualizamos para proteger os clientes o mais rápido possível, mas como um parceiro responsável da indústria, nós mantivemos a divulgação até que outras empresas pudessem desenvolver e lançar atualizações"
- Microsoft

"Nós atualizamos para proteger os clientes o mais rápido possível, mas como um parceiro responsável da indústria, nós mantivemos a divulgação até que outras empresas pudessem desenvolver e lançar atualizações"
- Microsoft

Logo, quem possui as atualizações do sistema operacional automáticas já está protegido contra o problema. Quem ainda não fez o update já pode baixar a correção no SO da Microsoft.

Além da Microsoft, a Debian anunciou que já está liberando o patch de correções para seus sistemas Linux. Mais informações estão disponíveis aqui.

A Google, responsável pelo sistema operacional Android, disse ontem que está ciente do problema e vai lançar um patch nas próximas semanas. As versões 6.0 ou superiores do sistema operacional são mais fáceis de serem atingidas pelo ataque, o que deixa mais de 50% dos aparelhos Android vulneráveis.

- Continua após a publicidade -

A Apple disse que a vulnerabilidade já foi corrigida na versão beta do iOS, macOS, watchOS e tvOS, e que as atualizações devem ser liberadas para todos os usuários ainda este mês.

Via: Neowin, 9toFiveMac, The Guardian
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.