ASUS ROG apresenta placas-mãe STRIX X370-I e B350-I mini-ITX para processadores Ryzen

A divisão Republic of Gamers da ASUS apresentou novas placas-mãe em formato mini-ITX para receberem os processadores Ryzen da AMD. De acordo com a empresa, as placas mini-ITX são mais trabalhosas de produzir, uma vez que, como produtos compactos, sobra pouco espaço para portas e slots. Apesar disso, a ROG trabalhou nos modelos Strix X370-I Gaming e Strix B350-I Gaming para soquete AM4, sem abrir mão das tecnologias presentes nas placas-mãe de tamanhos tradicionais.  

Com dimensões de 6,7" x 6,7" (170,1 x 170,1 mm), as placas incluem suporte a refrigeração líquida e iluminação RGB personalizável. Elas também contam com um dissipador de calor para SSD M.2 e um novo riser de otimização de áudio.

As CPUs Ryzen são um pouco maiores do que as CPUs Intel, algo que torna a produção de uma placa mini-ITX mais desafiadora. Mesmo assim, os modelos Strix X370-I e B350-I conseguem aproveitar toda vantagem de overclock dos processadores Ryzen, já que possuem o mesmo projeto VRM de seis fases presente nas placas-mãe tamanho ATX para AM4. 

Ambas placas também permitem velocidades de clock mais altos e memórias DDR4 de até 3.600MHz. Com a tencologia 5-Way Optimization, o processo de overclock para usuários iniciantes se torna mais intuitivo. 


Elas contam com três fan headers onboard, sendo um deles configurado para suportar liquid cooling e coolers all-in-one. Os headers são adaptáveis com conexões 3-pin DC ou 4-pin PWM. Além disso, cada um deles possui sensores de temperatura para controlar a velocidade dos fans de acordo com a demanda do resfriamento em cada área da placa e componentes.

- Continua após a publicidade -

Os modelos ainda inovam com um card "M.2 Audio Combo" que contém tecnologia SupremeFX e armazenamento M.2. Este pequeno PCB é intercalado entre dissipadores de calor isolados da unidade M.2 e o chipset da plataforma, garantindo um resfriamento eficiente sem ocupar muito espaço.

A tecnologia SupremeFX é um suplemento em placas-mãe que tem sido fundamental para a qualidade de áudio em placas Republic of Gamers. O recurso é um conjunto de hardwares acoplado na placa-mãe projetado para melhorar a qualidade do som, ultrapassando o padrão que a maioria das mainboards possui. Focado principalmente em jogos de PC, sua principal diferença para os codecs é que, ao contrário de uma peça autônoma, são vários componentes que atuam em sinergia.

A iluminação LED RGB, recurso já comum em hardware ASUS, também está presente nos novos modelos mini-ITX para Ryzen. A parte traseira do heatsink M.2 conta com quatro LEDs que reproduzem efeitos de luzes e cores. Um logotipo ROG da placa-mãe também apresenta o mesmo recurso. O hardware pode ser personalizado por meio do software Aura Sync, que também sincroniza dispositivos da ASUS compatíveis com a tecnologia. 

- Continua após a publicidade -

Outro recurso imprescindível nos modelos de placas-mãe da ASUS é o Safe Slot, tecnologia que prioriza a durabilidade das conexões e dos componentes — mesmo que placas de vídeo pesadas sejam conectadas à placa-mãe, por exemplo. O slot PCIe x16 conta com a tecnologia, sendo reforçado com metal especial e soldas dedicadas. 

As placas contém Wi-Fi padrão 802.11ac onboard com conexão de antena 2x2 dual band. O módulo wireless tem suporte MU-MIMO para melhor performance de conexões sem fio. Para otimizar ainda mais a qualidade da conexão, as placas contam com controlador Intel Gigabit Ethernet e software GameFirst IV que prioriza o tráfego em games. 

Outras portas incluem: quatro SATA, duas USB 3.1 Gen2 com capacidade de 10Gbps, 4 USB Gen1 e uma USB 2.0. As ROG Strix X370-I e B350-I Gaming estarão disponíveis para compra nos Estados Unidos ainda no mês de outubro. Acompanhe as novidades ASUS para mais informações. 

Via: Republic of Gamers
  • Redator: Mariela Cancelier

    Mariela Cancelier

    Mariela é jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina e gosta de jogos de luta e MOBAs. Foi estagiária do Adrenaline e Mundo Conectado e atualmente é redatora freelancer em ambos os sites.

O que você pesa mais quando escolhe sua plataforma para jogos?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.