Bethesda teria retirado Denuvo de The Evil Within 2 antes do lançamento do game

A semana não está sendo fácil para o pessoal da Denuvo. Após Terra-Média: Sombras da Guerra ser pirateado em um dia utilizando Denuvo Anti Tamper, a Bethesda, uma das principais apoiadoras da solução, teria retirado a tecnologia de The Evil Within 2 antes do lançamento do game.

Como relatado por diversos dos nossos sagazes usuários e reportado pelo DSOGaming, o game de terror possuía códigos que indicavam a presença da tecnologia anti-pirataria em sua versão para análises. A edição que chegou na Steam, porém, não possui Denuvo.

A tecnologia tem como objetivo trazer uma proteção extra ao DRM, visando garantir ao game uma janela de lançamento no PC sem pirataria. Em um dos casos mais bem sucedidos do Denuvo, Just Cause 3 ficou por mais de um ano sem uma versão ilegal.

Por outro lado, na maioria das vezes, a tecnologia acaba sendo violada em menos de duas semanas, como foi o caso de Mass Effect Andromeda, Sonic Mania e Shadow of War.

Após Doom ser pireateado, id Software
 remove proteção de DRM Denuvo

- Continua após a publicidade -

A Bethesda utilizou o Denuvo nos seus principais lançamentos recentes, incluindo Dishonored 2, DOOM e Prey. A Bethesda e a Denuvo não comentaram sobre o assunto.

The Evil Within 2 está disponível no PC via Steam por R$ 200. O game também pode ser jogado no PS4 e Xbox One.

Via: DSOGaming Fonte: Torrent Freak
Tags
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.