Nokia faz corte de empregos após fracasso da câmera de realidade virtual OZO

A Nokia voltou para o mercado de smartphones com tudo graças a uma parceria com a HMD Global, mas acaba de anunciar um corte em sua força de trabalho por causa de outro setor. A empresa finlandesa anunciou a demissão de 310 funcionários da Nokia Technologies Unit, responsável pela câmera de realidade virtual OZO.

Anunciada em 2015, a OZO é uma câmera de realidade virtual voltada para profissionais de cinema, que chegou ao mercado custando cerca de US$ 60 mil, o que acabou deixando o produto menos popular no mercado.

Com o fracasso nas vendas da iniciativa para realidade virtual, a Nokia vai focar em outros mercados com a sua divisão de pesquisas, que conta com mais de mil empregados.  De acordo com a Reuters, a empresa vai investir em soluções digitais de saúde e negócios de patentes e licenciamento.

"O desenvolvimento abaixo do esperado do mercado de VR significa que a Nokia Technologies planeja reduzir os investimentos e focar mais em oportunidades de licenciamento de tecnologia"
- Nokia

"O desenvolvimento abaixo do esperado do mercado de VR significa que a Nokia Technologies planeja reduzir os investimentos e focar mais em oportunidades de licenciamento de tecnologia"
- Nokia

A empresa já vem trabalhando com isso e obtendo sucesso com a HMD Global, fabricante que está fazendo smartphones com a marca Nokia.

Via: Neowin Fonte: Reuters
Tags
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.