Assassin's Creed Origins segue tendência do mercado e terá Loot Boxes

Assim como todo hardware voltado para o público que joga videogame tem LEDs, os grandes lançamentos da indústria estão vindo com Loot Boxes, que são caixas que podem ser compradas e trazem itens aleatórios, como uma espécie de loteria. O último título a entrar na onda é Assassin's Creed Origins, como apontam diversos usuários do Reddit.

No gameplay que pode ser visto abaixo, após 2 minutos de vídeo, um menino aparece vendendo o chamado "Heka Chest", um baú que dá direito a "uma arma ou um escudo aleatório", segundo a descrição do game.

Ao que tudo indica, as caixas só poderão ser compradas com a moeda do jogo, ou seja, talvez não seja possível injetar dinheiro do mundo real para ter vantagens no jogo. A Ubisoft ainda não se pronunciou oficialmente sobre a novidade, mas possivelmente não teremos um sistema pay-to-win no game.

Nova lei chinesa força Dota e LoL
a revelarem chances de caixas de loot

Recentemente, as microtransações e loot boxes voltaram a ser assunto com a chegada de Terra-Média: Sombras da Guerra, que também traz baús da sorte, mas que podem ser comprados com dinheiro real e oferecem diversas vantagens para dar upgrade mais rápido no personagem e deixar o gameplay mais fácil. Outro game que adotou o sistema e vem recebendo críticas é Forza Motorsport 7.

- Continua após a publicidade -

Vai rodar? Ubisoft revela requisitos de
Assassin's Creed Origins no PC

Se a Ubisoft não falar sobre as loot boxes, saberemos mais sobre o sistema em 27 de outubro, data em que Assassin's Creed Origins chega no Xbox One, PlayStation 4 e PC.

Via: Neowin
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

Você quer processadores da AMD com gráficos integrados

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.