Hackers russos roubam dados de segurança da NSA através de anti-vírus Kaspersky

Hackers que trabalham para o governo Russo roubaram dados que detalham como a NSA, Agência de Segurança Nacional dos Estados Unidos, se defende contra ciberataques. Os criminosos também divulgaram como essa agência invade redes de computadores estrangeiros e qual código ela usa para fazer isso. A NSA é especializada em hackear computadores e em espionagem no meio de comunicações.

Algumas fontes ligadas ao caso informaram que os arquivos roubados foram identificados por causa do software de segurança Kaspersky, que possuía uma brecha para cibercriminosos. Um ex-funcionário da NSA copiou um material classificado para seu computador que tinha o software anti-vírus. 

Levar material confidencial "para a casa" é contra as regras de segurança da NSA, mesmo assim o contratado o fez. Com a brecha no sistema de segurança, hackers russos conseguiram invadir a máquina e roubar os dados da agência. Isso explica porque o Governo dos EUA tem proibido agências governamentais de usar o software Kaspersky nos últimos meses. 

De acordo com depoimentos, o funcionário não teria vínculos com a Rússia, mas ainda não foi divulgado se ele está sendo investigado ou foi apenas demitido do cargo. 

"A Kaspersky Lab não recebeu provas que comprovem o envolvimento da empresa no suposto incidente. É lamentável que a cobertura de notícias não comprovadas continue acusando a empresa. Como uma empresa privada, a Kaspersky Lab não tem vínculos impróprios com nenhum governo, incluindo a Rússia. A única conclusão parece apontar que a Kaspersky Lab está no meio de uma luta geopolítica."
- Comunicado oficial da Kaspersky

"A Kaspersky Lab não recebeu provas que comprovem o envolvimento da empresa no suposto incidente. É lamentável que a cobertura de notícias não comprovadas continue acusando a empresa. Como uma empresa privada, a Kaspersky Lab não tem vínculos impróprios com nenhum governo, incluindo a Rússia. A única conclusão parece apontar que a Kaspersky Lab está no meio de uma luta geopolítica."
- Comunicado oficial da Kaspersky

A Kaspersky é uma empresa de anti-vírus russa acusada de manter relações com autoridades de inteligência do seu país natal. Até recentemente, produtos da empresa eram muito vendidos nos Estados Unidos.

Via: Engadget
Tags
  • Redator: Mariela Cancelier

    Mariela Cancelier

    Mariela é jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina e gosta de jogos de luta e MOBAs. Foi estagiária do Adrenaline e Mundo Conectado e atualmente é redatora freelancer em ambos os sites.

Você quer processadores da AMD com gráficos integrados

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.