Órgão de trânsito da Austrália defende que bêbados possam dirigir carros autônomos

Beber e dirigir é uma ação bastante perigosa e ilegal atualmente, mas um órgão de transito australiano está querendo mudar isso com a chegada dos carros autônomos. Segundo o The Guardian, o National Transport Commission (NTC) defende que dirigir alcoolizado não deveria ser contra a lei se você está num veículo autônomo.

Em um documento divulgado recentemente, o órgão independente da Austrália recomenda que seja criada uma exceção na lei para quem dirige carros integralmente autônomos. Para a instituição, o motorista bêbado seria apenas um passageiro em um carro que se dirige sozinho.

Nova versão do carro autônomo
da Toyota traz dois volantes

"A situação é semelhante a pessoa dar instruções para um motorista de taxi", diz a NTC. Segundo o órgão, a lei deveria ser modificada porque "não existe a possibilidade de um humano dirigir um carro totalmente autônomo".

A NTC alega que a legislação como está pode ser uma "barreira" para os benefícios dos carros autônomos, como a segurança gerada pelo sistema de piloto automático e o fato do motorista não precisar dirigir.

- Continua após a publicidade -

"Apontar o humano como responsável talvez restrinja a introdução dos veículos autônomos na Austrália e recuse ou atrase desnecessariamente muitos potenciais benefícios da tecnologia"

"Apontar o humano como responsável talvez restrinja a introdução dos veículos autônomos na Austrália e recuse ou atrase desnecessariamente muitos potenciais benefícios da tecnologia"

Atualmente, os carros que dirigem sozinhos ainda estão em desenvolvimento e não existem veículos comerciais com nível 5 de automação, capazes de andar sem um motorista em qualquer lugar. Assim como na Austrália, a chegada da tecnologia está gerando revisões e sugestões nas leis de trânsito e é certo que teremos mais discussões do tipo nos próximos anos, inclusive no Brasil.

Via: The Guardian
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

Você quer processadores da AMD com gráficos integrados

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.