Estudo comprova que iOS 11 está consumindo bateria como se não houvesse amanhã

A companhia de consultoria especializada em segurança Wandera promoveu um estudo que comprova que o iOS 11 está drenando a carga de iPhones e iPads muito mais rápido do que a edição anterior do sistema operacional móvel da Apple.

Toda atualização de iOS costuma trazer problemas de duração de bateria para seus usuários nos primeiros 2 dias, pois o a função Spotlight do sistema precisa reindexar todos os arquivos do dispositivo.

Só que esta não é a causa dos problemas do iOS 11, pois mesmo semanas depois do update os aparelhos seguem com sua autonomia prejudicada.

Utilizando dados de 50 mil dispositivos iOS, eles mediram o tempo que o dispositivo levaria, em média, para ir de 100% a 0% de carga durante um período base de 3 dias.

No iOS 10, o tempo para descarregar a bateria é de cerca de 240 minutos. Já no iOS 11, os aparelhos vão de 100% a 0% em 96 minutos, ou 40% da duração anterior.

- Continua após a publicidade -

Além deste problema, usuários também reclamam de dificuldades de conexão, travamentos na tela de bloqueio e aplicativos parando de funcionar no iOS 11. A companhia até disponibilizou o update 11.0.1, mas a maior parte dos problemas continua lá.

Via: Phone Arena, Neowin Fonte: Wandera
Tags
  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation 1. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia. Formado jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

Com o GeForce Now e o xCloud surgindo como opções, qual seu plano a médio prazo?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.