Antigo CEO da Intel, Paul Otellini morre aos 66 anos

A Intel lançou uma nota em seu site anunciando que seu antigo CEO Paul Otellini morreu de causas naturais ontem, aos 66 anos de idade. Brian Krzanich, atual comandante da Intel, disse que a empresa está "profundamente triste com o falecimento de Paul".

"Ele era a voz implacável do cliente em um mar de engenheiros, e nos ensinou que só ganhamos quando colocamos o cliente em primeiro lugar"
- Brian Krzanich

"Ele era a voz implacável do cliente em um mar de engenheiros, e nos ensinou que só ganhamos quando colocamos o cliente em primeiro lugar"
- Brian Krzanich

Otellini foi o quinto CEO da história da Intel e assumiu a ponta da empresa de 2005 até 2013, quando se aposentou aos 62 anos. Ele entrou na empresa em 1974 e trabalhou em diversos cargos durante seu tempo na companhia. Após fazer sucesso no departamento de vendas, acabou sendo escalado como chefe da companhia em 2005, aos 55 anos.

Durante seu tempo na empresa, Otellini foi um dos nomes que ajudou a marca a se manter no topo da indústria de semicondutores e expandir seus mercados dividindo os produtos em plataformas. Enquanto Otellini foi CEO, os números de vendas da Intel subiram de US$ 34 bilhões para US$ 53 bilhões. Atualmente, a Intel está lutando para passar a Samsung, que é a maior fabricante de chips mundialmente.

Fonte: Intel
Assuntos
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.