Apesar do mesmo soquete, CPUs Coffee Lake têm configuração diferente de pinos

A Intel finalmente pode ter explicado o motivo dos processadores de oitava geração, codinome Coffee Lake, não funcionarem em placas-mãe de gerações anteriores, apesar de usarem o soquete LGA 1151.

A Intel lançou em seu site documentos que mostram detalhes da nova geração de processadores. Em um dos relatórios, a empresa mostra figuras e indica que as CPUs de oitava geração possuem configuração de pinos diferente das gerações Kaby Lake e Skylake.


Configuração dos pinos Coffee Lake vs Kaby Lake/Skylake

Os novos processadores trazem mais pinos VCC, responsáveis por levar a energia aos núcleos de processamento. As placas-mãe Coffee Lake suportam até 146 pinos deste tipo, enquanto as mainboards Kaby Lake e Skylake aguentam 128.

A justificativa para a mudança seria o fato de que os novos processadores trazem mais núcleos. Ao que tudo indica, apesar de usar o soquete LGA 1151, os processadores Coffee Lake realmente não serão compatíveis com hardwares da geração passada, e isso não vai mudar com uma atualização de BIOS.

Os processadores da oitava geração da Intel chegam ao mercado em 5 de outubro. Saiba mais sobre as CPUs Coffee Lake aqui.

Via: Tech Power Up
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

Com o GeForce Now e o xCloud surgindo como opções, qual seu plano a médio prazo?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.