Elon Musk pretende colonizar Marte em 2024

O CEO da SpaceX, Elon Musk, pretende mandar as primeiras naves de reconhecimento para Marte em 2022, e enviar equipes para colonizar o planeta em 2024. Como prometido no começo da semana, o dono da Tesla falou durante o 68º Congresso Astronáutico Internacional, na Austrália, e revelou novidades sobre seu plano de conquistar o planeta vermelho, apresentado no ano passado.

Utilizando o novo e avançado sistema de foguetes BFR (Big Fucking Rocket), a SpaceX planeja enviar duas missões de carga para Marte em 2022. O objetivo é reconhecer o ambiente do planeta vermelho e checar a existência de água, além de possíveis doenças e ameaças.

As primeiras missões tripuladas devem acontecer em 2024. Até lá, a SpaceX pretende já ter fontes de energia e uma infraestrutura básica para suportar vida no planeta vermelho. Segundo Musk, as duas naves tripuladas que serão enviadas daqui há sete anos terão que fazer a "terraformação" de Marte e preparar o planeta para as futuras ondas de habitantes.

- Continua após a publicidade -

Os planos da SpaceX são bastante ambiciosos e, como se trata de algo com proporções interplanetárias, é possível que hajam atrasos e mudanças dentro dos próximos anos. Confira a apresentação completa das novidades da empresa de Elon Musk abaixo:

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Via: Engadget
Tags
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

Qual a sua marca de headphones/headsets para jogos preferida? - Pesquisa de Periféricos 2021

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.