Finney é o smartphone de US$ 1000 com blockchain feito para a geração da criptomoeda

Além de estar zoando o mercado de placas de vídeo para games, as criptomoedas começaram a invadir o mundo dos smartphones. A Sirin Labs, empresa que ganhou fama por fazer um smartphone de US$ 14 mil super seguro, resolveu fazer um dispositivo móvel voltado para os investidores de moeda virtual.

O aparelho chamado Finney, em homenagem ao pioneiro do Bitcoin Hal Finney, é o primeiro smartphone do mundo com blockchain e feito para guardar criptomoedas em segurança.

Por US$ 1000, o smartphone vem com tela de 5.2'', 256 GB de armazenamento, 8 GB de RAM, câmera de 16 MP (12 MP na frente) e uma versão do Android chamada Shield OS, além de carteira virtual, compartilhamento P2P e mensagens criptografadas.

Por mais US$ 800, o cliente também leva um computador all-in-one, que pode ser ligado ao dispositivo móvel por uma rede própria, encriptada e segura. Os aparelhos também contam com o sistema Intrusion Prevention System, que trava os dispositivos ao perceber atividades suspeitas.

- Continua após a publicidade -

As vendas do Finney serão abertas através de uma plataforma de financiamento coletivo e ainda não têm data para acontecer. Mesmo assim, se você não é um comerciante assíduo e profissional de criptomoedas e quer um smartphone novo, pode ter certeza que existem muitas opções melhores e mais baratas já disponíveis no mercado. Mais informações serão reveladas no site da Sirin Labs.

Via: Engadget
Assuntos
Tags
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

Com o GeForce Now e o xCloud surgindo como opções, qual seu plano a médio prazo?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.