Relatório de agosto aponta queda de 23% em jogos para PC, incluindo Steam

De acordo com o relatório de agosto publicado pelo grupo de análises NPD, a venda de jogos para PC, incluindo cópias físicas e Steam, tiveram uma queda de 23% em relação ao mesmo mês do ano anterior. Os dados analisados pelo NPD são referentes ao mercado dos Estados Unidos, um dos maiores consumidores da indústria de games. 

Confira números completos do relatório aqui 

As pesquisas também mostram que as vendas relacionadas a jogos tiveram um decréscimo, salvo a categoria de acessórios, que teve um aumento de 10%. Outros dados apontam que o Nintendo Switch foi o jogo mais vendido do mês. Além disso, a EA foi a empresa que mais vendeu jogos, e Madden NFL 18 foi o título topo de vendas do período. 

Números de agosto:
- Total: US$ 568 milhões (queda de 2% de US$ 578 milhões em agosto de 2016)
- Hardware: US$ 168 milhões (queda de 6% de US$ 179 milhões)
- Console software: US$ 271 milhões (queda de 2% de US$276 milhões)
- PC software: US$ 11 milhões (queda de 23% de US$ 15 milhões)
- Accessórios: US$ 118 milhões (aumento de 10% de US$ 108 milhões)

Vendas de games de agosto de 2017*:
- Madden NFL 18
- Grand Theft Auto V
- Uncharted: The Lost Legacy
- Splatoon 2
- The Legend of Zelda: Breath of the Wild*
- Tom Clancy’s Rainbow Six: Siege
- Mario Kart 8
- Call of Duty: Modern Warfare Remastered
- Crash Bandicoot: N. Sane Trilogy
- Overwatch**
- Injustice 2
- Tom Clancy’s Ghost Recon: Wildlands
- Minecraft
- For Honor
- Call of Duty: Black Ops III
- Agents Of Mayhem
- Forza Horizon 3
- Battlefield 1
- NBA 2K17
- UFC 2 

- Continua após a publicidade -

*Não incluem cópias digitais ou Battle.net

Via: Venture Beat
Tags
  • Redator: Mariela Cancelier

    Mariela Cancelier

    Mariela é jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina e gosta de jogos de luta e MOBAs. Foi estagiária do Adrenaline e Mundo Conectado e atualmente é redatora freelancer em ambos os sites.

Você quer processadores da AMD com gráficos integrados

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.