ASUS Prime X399-A para Ryzen Threadripper já está disponível

Depois do lançamento da placa-mãe ASUS X399 Zenith Extreme, outro modelo da marca acaba de chegar ao no mercado: a ASUS Prime X399-A. A placa-mãe já está disponível para compra no mercado europeu pelo preço aproximado de 600 euros. A linha de motherboards X399 indica a compatibilidade com os Ryzen Threadripper, novos processadores da AMD.  

A ASUS anunciou no mês passado sua line-up de placas-mãe para os novos processadores, sendo duas delas destinadas a usuários mainstream que querem um bom hardware para jogos e uso geral, e outra topo de linha para quem quer tirar mais proveito do que o processador tem a oferecer, além de suportar mais canais de memória e mais largura de banda. 


AMD vai liberar suporte NVMe RAID para plataformas X399

A placa topo de linha é a X399 Zenith Extreme, enquanto os modelos mais acessíveis são ASUS Prime X399-A e ASUS ROG Strix X399-E Gaming. Seguindo a sequência de lançamentos, poderemos ver em breve o lançamento oficial do modelo Strix. 

Especificações ASUS Prime X399-A (link da loja)
A Prime X399-A é o hardware indicado para quem quer aproveitar o desempenho dos Threadripper sem elevar muito o orçamento para isso, segundo a Asus. Ela conta com três SafeSlots para suportar três placas de vídeo sem prejudicar a placa-mãe com o peso.

- Continua após a publicidade -

Além disso, ela conta com um quarto slot ligado à CPU. Cada um deles tem uma conexão dedicada, sem compartilhamento entre eles.

O slot M.2 primário compartilha um dissipador de calor com o chipset para abaixar a temperatura quando necessário. Já o slot secundário fica perto dos slots DIMM, podendo ser refrigerados pelo fluxo de ar do sistema adjacente.

A Prime X399-A vem com dois headers que facilitam as conexões com bombas e sistemas de refrigeração all-in-one. A placa possui tecnologia 5-Way Optimization que auxilia no controle e estabilidade em overclock. 

Assuntos
  • Redator: Mariela Cancelier

    Mariela Cancelier

    Mariela é jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina e gosta de jogos de luta e MOBAs. Foi estagiária do Adrenaline e Mundo Conectado e atualmente é redatora freelancer em ambos os sites.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.