AMD deverá mudar fornecedores para Vega 20 e Vega 11 para aumentar disponibilidade

A AMD deverá mudar os seus fabricantes de componentes para suas próximas gerações de placas de vídeo com arquitetura Vega, numa busca por eliminar seus problemas recentes em suprir a demanda dos consumidores.

Um dos principais motivos pela falta de Radeon RX Vega no mercado é a lenta produção dos chips de memória HBM2 por parte da atual parceira da AMD, a Advanced Semiconductor Engineering (ASE). O mesmo estaria acontecendo com a GlobalFoundries, responsável pelos chips.

Esses motivos levaram a AMD a procurar novas parcerias para fabricar os componentes de suas placas de vídeo. Com isso, a Siliconware Precision Industries (SPIL) ficaria responsável pela maior parte dos chips de memória, enquanto a ASE ficaria com uma pequena parte que sobrar.

De acordo com o site DigiTimes, a mudança passará a valer a partir da produção do chip Vega 11, que equipará as novas GPUs intermediárias da AMD Radeon. Essa linha substituirá a série RX 500, baseada em Polaris.

Já para o chip Vega 20, que supostamente será produzido em 7 nm, a AMD deverá contratar a Taiwan Semiconductor Manufacturing Company (TSMC) no lugar da GlobalFoundries.

Via: TechPowerUp Fonte: Digitimes
  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation 1. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia. Formado jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

Com o GeForce Now e o xCloud surgindo como opções, qual seu plano a médio prazo?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.