Facebook estaria negociando com gravadores para distribuir música na rede social

Além de lançar o Watch, o Facebook está tomando mais atitudes para tomar o lugar do Youtube. De acordo com o Bloomberg, a rede social está negociando com grandes nomes da indústria da música para ser o novo local onde os artistas postam seus clipes.

O site indica que a rede social está oferecendo "milhões de dólares" para fechar um acordo de direitos autorais na rede social. O Facebook também estaria trabalhando em um sistema para identificar conteúdos que violam propriedade intelectual na plataforma, e também em uma forma de permitir que os usuários utilizem músicas de forma legal em seus vídeos.

As informações surgem logo após a rede social lançar nos Estados Unidos o Watch, sua plataforma de vídeos integrada ao Facebook. A plataforma foi lançada nos Estados Unidos ontem, mas ainda possui pouco conteúdo, e usuários comuns ainda não podem publicar produções no serviço.

O objetivo do Facebook com o Watch é "profissionalizar" a produção de vídeos na rede social, o que vai atrair a atenção de anunciantes, uma vez que a rede social possui mais de 2 bilhões de usuários. Os planos para o Facebook Watch também incluem a produção de séries exclusivas para o site, o que vai ser uma pedra no sapato para o Youtube Red, versão paga da plataforma audiovisual do Google.

Tags
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

Em jogos single-player como Resident Evil Village, você prefere:

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.