Google Drive é meio mais popular para compartilhar conteúdo pirata, segundo pesquisa

O Google Drive está entre os serviços mais utilizados para compartilhamento de conteúdos piratas, de acordo com a pesquisa do Lumen. Mais de cinco mil pedidos de remoção de conteúdos já foram solicitados à plataforma por estúdios de Hollywood e outras companhias que detém copyright.  

O que normalmente está sendo feito é o upload de vídeos e filmes inteiros no Google Drive para que qualquer pessoa com o link de compartilhamento tenha acesso. Outra estratégia é embedar transmissões ao vivo de filmes e seriados pelo YouTube. Os vídeos são selecionados como não listados para burlar o sistema de vigilância da Google sobre direitos autorais. 

YouTube ganha novo design e funcionalidades

O links para conteúdos piratas são disponibilizados em redes sociais e até mesmo pelo serviço My Maps da Google. 

O Drive é uma maneira prática para compartilhamento de arquivos ilegais pois é uma plataforma com 15GB de compartilhamento acessível para todos que tenham o link. Outros serviços como Dropbox, OneDrive e Mega também são alternativas para compartilhamentos ilegais, apesar de não serem tão populares quanto o Google Drive. 

- Continua após a publicidade -

Google remove 300 aplicativos Android que eram usados para ataques DDoS

Via: The Next Web
Tags
  • Redator: Mariela Cancelier

    Mariela Cancelier

    Mariela é jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina e gosta de jogos de luta e MOBAs. Foi estagiária do Adrenaline e Mundo Conectado e atualmente é redatora freelancer em ambos os sites.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.