Microsoft e Amazon firmam parceria para Alexa e Cortana conversarem entre si

A Microsoft e a Amazon firmaram uma parceria que permitirá que suas assistentes virtuais Cortana e Alexa conversem entre si. Com isso, usuários de produtos como o Echo poderão pedir para a assistente da Amazon chamar a da Microsoft e vice-versa.

Site oficial: Microsoft Cortana

A ideia é que cada software possa se aproveitar das funções exclusivas do outro para complementar suas falhas. Por exemplo, a assistente da Amazon pode usar a Cortana para organizar uma reunião, acessar calendários de trabalho ou se lembrar de fazer algo no caminho para a casa.

Já do lado da assistente da Microsoft, dá para pedir para a Alexa controlar os dispositivos de Internet das Coisas, fazer compras no site da Amazon ou fazer alguma interação dentre as 20 mil criadas por desenvolvedores third-party.

Site oficial: Amazon Echo

- Continua após a publicidade -

"Garantir que a Cortana esteja disponível para nossos consumidores em todo lugar e em todo dispositivo é uma prioridade chave para nós", anunciou Satya Nadella, CEO da Microsoft.

"Trazer o conhecimento da Cortana, a integração com o Office 365, compromissos e lembretes para a Alexa é um grande passo para esse objetivo", completa Nadella.

Para o CEO da Amazon, Jeff Bezos, esse tipo de acordo será mais comum no futuro, com mais e mais assistentes de inteligência artificial fazendo sucesso e se especializando.

"O mundo é grande e tão multifacetado", explica Bezos. "Vão existir múltiplos agentes inteligentes de sucesso, cada um com acesso a diferentes conjuntos de dados e com diferentes áreas de especialização de habilidades. Juntos, seus pontos fortes vão se complementar e proporcionar aos consumidores uma experiência mais rica e ainda mais útil. É ótimo para os donos do Echo para conseguir acesso facilitado para a Cortana".

- Continua após a publicidade -

 

Via: Tech Crunch, Tech Crunch
Tags
  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation 1. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia. Formado jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.