Intel anuncia SoC Movidius Myriad X para aplicações em inteligência artificial

A Intel apresentou sua nova unidade VPU (vision processing unit) chamada Movidius Myriad X para aplicações com inteligência artificial. O SoC é o primeiro sistema que fornece computação neural dedicada para acelerar o Deep Learning. O sistema pode ser usado em drones, robótica, câmeras inteligentes e VR.

ANÁLISE: Intel Core i7-7740X - "Processador é opção para quem quer iniciar na plataforma X299, mas não tem dinheiro para um Core i9"

O mecanismo é um bloco de hardware em um chip projetado especificamente para rodar redes neurais profundas em alta velocidade. De acordo com a Intel, a arquitetura do Myriad X é capaz de 1 TOPS de desempenho computacional em rede neural profunda. Em desempenho total, o hardware é capaz de oferecer mais de 4 TOPS.

O Movidius Myriad X combina com processamento visual e Deep Learning em tempo real com:
- Processadores vetoriais programáveis VLIW de 128 bits: Executa vários aplicativos de imagem e visão simultaneamente, com a flexibilidade de 16 processadores vetoriais otimizados para carga de trabalho de visão computacional.

Supostos preços das CPUs Intel Coffee Lake aparecem antes do lançamento oficial [Rumor]

- Continua após a publicidade -

- Linhas MIPI configuráveis aumentadas: Conecta até 8 câmeras HD RGB diretamente ao Myriad X, com suas 16 linhas MIPI incluídas em seu rico conjunto de interfaces para suportar até 700 milhões de pixels por segundo de taxa de processamento de sinal de imagem.
- Aceleradores de Visão Melhorados: Utiliza mais de 20 aceleradores de hardware para realizar tarefas como fluxo ótico e profundidade estéreo sem uma sobrecarga computacional adicional.
25 MB de Memória Homogênea On-Chip: A arquitetura centralizada na memória on-chip permite até 450 GB por segundo de banda larga interna, minimizando a latência e reduzindo o consumo de energia ao minimizara transferência de dados fora do chip.

  • Redator: Mariela Cancelier

    Mariela Cancelier

    Mariela é jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina e gosta de jogos de luta e MOBAs. Foi estagiária do Adrenaline e Mundo Conectado e atualmente é redatora freelancer em ambos os sites.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.