Herdeiro e ex-chefe da Samsung é condenado a 5 anos de prisão por corrupção e outros crimes

Lee Jae-Yong, herdeiro e antigo chefe da Samsung, foi condenado a 5 anos de prisão pelos crimes de corrupção ativa, desvio de verbas e ocultação de lucros por atividade criminosa. O executivo estava em julgamento desde abril deste ano.

Lee foi exposto no imenso escândalo que descobriu o envolvimento da ex-presidente da Coreia do Sul, Park Geun-Hye, com o crime organizado do país. Um dos crimes do ex-membro da diretoria da Samsung teria sido subornar Park a fim de garantir uma posição de dominância na empresa depois que seu pai, Lee Kun-Hee foi afastado por estar doente. O Lee sênior, aliás, chegou a ser condenado por crimes de evasão e sonegação em 2008, mas recebeu o perdão do presidente na época.

A Coreia do Sul, fortemente dependente de suas maiores empresas, dominadas por famílias poderosas, especialmente a Samsung, tinha uma certa "tradição" em oferecer perdões presidenciais para executivos do alto escalão. O presidente atual, Moon Jae-In, no entanto, já declarou que não tem planos de perdoar Lee Jae-Yong. Depois de tantos casos de corrupção sendo expostos nas maiores autoridades do país, provavelmente um perdão presidencial nessas alturas poderia até incitar revoltas.

Os advogados de Lee afirmam que vão recorrer da decisão. A decisão chega apenas dois dias depois do lançamento do Galaxy Note 8.

Fonte: Android Authority
Tags
  • Redator: João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

Você quer processadores da AMD com gráficos integrados

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.