Vendas de placas de vídeo sobem 31% por causa de mineração

As vendas de placas de vídeo dedicadas subiram 31% no 2º trimestre de 2017 em comparação com os 3 meses anteriores. O motivo para isso está na popularização da mineração de criptomoedas, especialmente de Ethereum. Essa é a primeira vez em 20 anos em que a quantidade de GPUs dedicadas vendidas sobe do 1º para o 2º trimestre do ano, segundo a consultoria JPR.

Entenda o Bitcoin, as "cripto-moedas" que vieram pra ficar, e saiba como usá-las

Alguns meses atrás, placas de vídeo começaram a aparecer como esgotadas em populares lojas de hardware, com o principal motivo apontando sendo o uso para mineração. A tendência foi ainda mais forte com GPUs AMD, afinal  a arquitetura GCN é mais eficiente para a atividade.

De acordo com a consultoria, enquanto o processo das criptomoeadas continuar subindo, novas pessoas serão atraídas para o mercado. Porém, a tendência é que eventualmente a situação acabe se nivelando porque o retorno sobre investimento tende a diminuir.

O envio total de GPUs (discretas e integradas) da Nvidia para lojistas cresceu 10% no trimestre, enquanto da AMD cresceu 8% e a Intel teve aumento de 6%. As vendas totais de gráficos para desktop subiram 5% em comparação com o ano anterior, enquanto para notebooks subiram 7%.

- Continua após a publicidade -

As informações da firma são de que 35% dos PCs hoje possuem GPUs dedicadas, um aumento de 4,02% em comparação com o trimestre passado. A quantidade de add-in boards (AIBs) que usam GPUs discretas cresceu 30,88% no mesmo período.

Via: Guru3D Fonte: Jon Peddie Research
  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation 1. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia. Formado jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

Com o GeForce Now e o xCloud surgindo como opções, qual seu plano a médio prazo?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.