Suposto benchmark do Core i3-8350K mostra performance próxima a do i7-4770K

A Intel ainda não revelou mais detalhes dos processadores Coffee Lake e já até lançou a 8ª geração Core sem dar mais detalhes sobre eles, então seguimos "vivendo de rumores" sobre os futuros lançamentos. Um vazamento mostra a suposta performance de um modelo Core i3-8350K, e já há algumas evoluções interessantes.

8ª geração Core será composta por CPUs Kaby Lake Refresh, Coffee Lake e Cannon Lake

De acordo com a tela do CPU-Z, o Core i3 da 8ª geração conseguiu pontuar 503.3 pontos, um bom placar considerando que o Core i7-7700K alcança 492, mesmo possuindo clock base ligeiramente mais alto. Mas o mais interessante acontece na performance multithread: o Core i3 aparece com 4 núcleos de acordo com a tela do CPU-Z publicada e pontuou 1982 pontos, não muito distante dos 2.684 do Core i7-7700K ou dos 2.377 de um core i7-6700K, topo de linha da serie Skylake.

Colocando em perspectiva, ele deixa para trás até o melhor i5 no ranking do CPU-Z, o Core i5-7600K e seus 1.862 pontos e cola no Core i7-4770K e seus 2.022 pontos.

Dependendo do custo, o Core i3 pode se tornar uma excelente alternativa, já que vai se situar entre modelos Core i5 e i7 anteriores. O problema é o preço desse modelo em específico: por se tratar de uma CPU da linha K, desbloqeuada para overclock, não deve ficar muito longe do Core i3-7350K, CPU com preço bem próximo ao patamar dos Core i5 (R$ 700), atualmente. Porém, se os modelos não overclockáveis da linha i3 Coffee Lake não ficarem muito abaixo desses resultados, os modelos de entrada da Intel vão dar uma boa aquecida nesse segmento, graças a esse aumento de núcleos e threads nessa linha. Os Ryzen mandaram dizer um simpático "de nada".

- Continua após a publicidade -

Além dos testes no CPU-Z, mais algumas telas do AIDA64 dão mais evidências que o vazamento "é real":

O lançamento dos processadores da 8º geração para desktops acontecerá ainda nesse outono (período entre setembro e dezembro, no hemisfério norte). De acordo com vazamentos, rumores e algumas imagens da própria Intel, a próxima geração Coffee Lake terá entre suas principais novidades o aumento no número de núcleos ao longo do line-up, com o objetivo de fazer frente aos modelos Ryzen. Apesar de usar o mesmo soquete LGA 1151, as placas atuais não serão compatíveis com os modelos da 8ª geração.

  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.